ARTIGOS

* e-Social, RH e o Mapeamento de Processos. 

* Ferramentas para minimizar demissões.

 

E-Social, RH e o Mapeamento dos Processos

 

O e-Social foi criado pelo Governo, é o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, por meio desse sistema os Empregadores passarão a comunicar ao Governo de forma unificada as informações relativas aosTrabalhadores.

Informações como: Vínculos, contribuições previdenciárias, FGTS, folha de pagamento, dentre outras. Isto reduzirá a burocracia para as Empresas e viabilizará garantias dos direitos previdenciários e trabalhistas aos Trabalhadores.

Ocorrerão muitas alterações na rotina do dia a dia das empresas, principalmente no Departamento de Recursos Humanos; grande parte das mudanças nos processos internos estão relacionadas a essa área.

Todas as rotinas obedecerão a prazos conforme sua natureza; para que isso aconteça de forma natural e assertiva procedimentos bem definidos são fundamentais.

 

Daí surge à necessidade do mapeamento dos processos.

Processo é um conjunto de procedimentos ou atividades que executadas em sequência pré-estabelecida conduz a um resultado.

Não existe uma fórmula que garanta e faça o negócio ser bem sucedido, mas existem algumas estratégias que preparam as empresas para o mercado e para um crescimento mais sólido.

Através do mapeamento teremos uma visão clara da importância do processo e sua funcionalidade, onde ele é executado e por quem.

Ao definir um procedimento todos os envolvidos devem participar, eles são o elo onde se concentram as informações necessárias sobre tudo o que é desenvolvido na empresa. Quando as falhas são apontadas existe a possibilidade de correção, pois permite o entendimento das relações de causa e efeito.

Sabemos que os departamentos de alguma forma se interagem, um erro no departamento de Recursos Humanos pode afetar outros departamentos gerando assim prejuízo. O mapeamento estabelece o que está acontecendo e por quê.

 

Com a identificação dos pontos críticos, como, falhas e desperdícios; podem ser elaborados documentos como Instruções de Trabalho, para estabelecer uma padronização nos processos da rotina.

 

Benefícios dos processos bem definidos: Organização; maior controle e monitoramento; diminuição dos erros operacionais e retrabalhos; aumento da Gestão do Conhecimento; facilita a tomada de decisões e eliminação de atividades que não agregam valor; aumento da qualidade dos produtos e serviços; maior entendimento do funcionamento da empresa de forma sistêmica; redução de custos; maior integração entre os departamentos; facilita a definição de responsabilidade de cada membro da equipe, pois esclarece o papel de cada um, potencializa a comunicação, e evidencia as mudanças que devem ser feitas em outros processos; a aprendizagem das pessoas sobre a empresa se torna mais eficiente.

Assim que definidos e praticados os procedimentos, os benefícios aparecem claramente, pois os erros desaparecem ou diminuem muito.

Mapear processos é investir em tempo a ganhar no futuro, é ter mais qualidade de vida no trabalho.

 

Maria de Lourdes Pereira (Consultora da LC Treinamento Empresarial – Email: Lc.treinamento@hotmail.com)

 

Maria de Lourdes Pereira

 

 

Artigo publicado Jornal Estado de Minas

 

Ferramentas para minimizar demissões.

 

Nos últimos meses, em virtude das mudanças no cenário econômico, temos observado que as empresas têm aumentado a preocupação com seus custos e despesas. Observando a necessidade de maiores controles, além da preocupação de se manterem competitivas no mercado.

 

A frase “redução de custos e despesas” traz muita insegurança devido à associação que sempre é feita: Reduzir custos e despesas, igual a demissões.

Seria a demissão realmente uma ferramenta eficaz? Nem sempre.

 

A criação de controles internos, e a análise periódica desses, são fundamentais.

Daí surge à necessidade da criação de ferramentas básicas como: Controle das contas a pagar, controle das contas a receber, fluxo de caixa,  para que haja uma redução de custos e despesas de forma assertiva.

Um ambiente onde há abertura para o diálogo entre líderes e liderados deve ser considerado, pois boas idéias poderão surgir.

 

Nem sempre a análise para reduzir custos e despesas requer alguma forma de desembolso, a elaboração de controles simples que possam responder questionamentos do tipo: Qual a origem da receita? Qual a origem da despesa? Serão de grande importância na tomada da decisão.

Para demitir é necessário analisar: Houve redução do trabalho? O número de Colaboradores que temos é suficiente? Como está a motivação dos Colaboradores que permaneceram?

 

Cabe aos Gestores e aos profissionais de Recursos Humanos, entenderem um pouco mais do ser humano e associar esse entendimento a ferramenta de bons controles financeiros para, a partir de então, formarem equipes sólidas e verdadeiramente comprometidas com os resultados.

Resultados positivos somente serão alcançados através do comprometimento, que só será possível num ambiente que tenha como foco a satisfação das pessoas.

Será que pessoas inseguras com seus empregos se comprometem com resultados?

O comprometimento dos profissionais e a motivação estão atrelados também a expectativa de não correr o risco constante de ficar desempregado.

 

Não existe método mais eficaz para obter o envolvimento do que a sensação de estabilidade e uma boa conversa.  Pessoas gostam de participar, de se sentir útil, de se envolver, de ser reconhecida, de se relacionar com outras pessoas.

A insegurança pode levar à falta de comprometimento, de qualidade, a rivalidades e conseqüentemente a improdutividade.

Bons controles têm como objetivo facilitar a execução das atividades com mais comprometimento, conhecimento e profissionalismo.

O tema é de grande relevância, e existem profissionais no mercado especializados em detectar problemas na gestão dos custos e despesas, encontrando soluções personalizadas.

Assim, a partir do momento em que estiver estabelecida a troca, entre a organização e os colaboradores, integrados por objetivos comuns, todos ganham.

 

 

Maria de Lourdes Pereira  (Consultora  da LC Cursos e Treinamento Empresarial. Email: Lc.treinamento@hotmail.com